EAGS 2019 Aeronáutica – Técnico em Análises Clínicas - CT-Pro

O Curso que mais aprova no Brasil

Voltar

COMANDO DA AERONÁUTICA
COMANDO-GERAL DO PESSOAL
DIRETORIA DE ENSINO
PORTARIA DIRENS Nº 414-T/DPL, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2018
Aprova as Instruções Específicas para o Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica do ano de 2020 (IE/EA EAGS 2020).
O DIRETOR DE ENSINO, considerando o disposto no Decreto nº 9.077, de 8 de junho de 2017, no uso das atribuições que lhe confere o Art.10, inciso XII do Regulamento da Diretoria de Ensino, resolve:
Art. 1º Aprovar as Instruções Específicas para o Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica do ano de 2020.
Art. 2º Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação.
MAJ BRIG AR RUI CHAGAS MESQUITA

Período de inscrição: 14/01/2019 a 12/02/2019.
O preenchimento do FSI será possível via Internet a partir das 10h do primeiro dia de inscrições até as 15h do último dia – horário de Brasília.

IDADE: não ter menos de 17 (dezessete) anos e nem completar 25 (vinte e cinco) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula no EAGS 2020. (Matrícula: 16/01/2019)

VAGAS: 05 (Especialidade – SLB)

PROVAS: 28/04/2019  (09:00hs)

Resultado Final (Aprovados nas provas escritas)- 14/06/2019

Para conhecimento dos interessados, estas Instruções estão disponíveis, durante toda a validade do Exame, nas páginas eletrônicas abaixo:
a) Comando da Aeronáutica (COMAER)  http://www.fab.mil.br/eear
b) Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR)  http://ingresso.eear.aer.mil.br/

PROGRAMA:

2.5 LABORATÓRIO – SLB
2.5.1 GARANTIA E CONTROLE DE QUALIDADE
2.5.1.1 Coleta e transporte de material biológico. Biossegurança. Noções de equipamentos laboratoriais, vidrarias e preparo de soluções, fase pré-analítica, monitoramento da precisão intra e inter-laboratorial.
2.5.2 MATEMÁTICA DE LABORATÓRIO
2.5.2.1 Matemática básica, Matemática em hematologia, Hemocitômetros, Diluições, Cálculos de enzimas, Teste renais, Fórmula de FRIEDWALD e Coeficiente de variação.
2.5.3 BIOQUÍMICA
2.5.3.1 Metodologia básica: Fundamentos operacionais. Noções dos princípios das técnicas manuais e automatizadas. Potenciometria por íons seletivos. Espectrofotometria.
2.5.4 FUNDAMENTO DOS PRINCIPAIS MÉTODOS EMPREGADOS NAS DOSAGENS
BIOQUÍMICAS
2.5.4.1 Analitos mensurados na química do sangue; provas funcionais; noções básicas de gasometria; noções básicas sobre eletroforese de proteínas. Avaliação e interpretação dos resultados.
2.5.5 HEMATOLOGIA
2.5.5.1 Noções sobre utilização do microscópio óptico. Anticoagulantes utilizados em hematologia. Noções sobre os constituintes sanguíneos, seu papel fisiológico e alterações patológicas. Técnicas de avaliação das séries vermelha, branca e plaquetária. Valores de referência em hematologia.
2.5.5.2 Técnicas para determinação do grupo sanguíneo e fator Rh. Teste de coombs e provas cruzadas. Fatores plasmáticos da coagulação sanguínea. Técnicas de avaliação da coagulação sanguínea. Noções básicas e interpretação de eletroforese de hemoglobina.
2.5.6 PARASITOLOGIA
2.5.6.1 Características morfológicas, macroscópicas, microscópicas e ciclo evolutivo dos parasitos patogênicos ao homem. Métodos laboratoriais de identificação de protozoários e helmintos. Protozooscopia e ovohelmintoscopia. Métodos e identificação de elementos anormais nas fezes.
2.5.7 BACTERIOLOGIA E MICROBIOLOGIA
2.5.7.1 Cultura, seleção, coleta e transporte de secreções orgânicas e líquidos biológicos. Morfologia e citometria. Principais métodos de coloração. Meios de cultura: preparo e utilização. Noções sobre as principais bactérias, fungos e vírus patogênicos ao homem. Hemocultura: procedimentos. Urinocultura: técnicas. Coprocultura: técnicas. Execução do antibiograma. Bacterioscopia do líquor. Noções de automação em microbiologia.
2.5.8 IMUNOLOGIA
2.5.8.1 Fundamentos sobre os principais tipos de reações imunológicas. Noções sobre sistema imunológico, os principais tipos de reações sorológicas empregadas e as patologias associadas. Noções básicas de execução de técnicas manuais.
2.5.9 UROANÁLISE
2.5.9.1 Procedimentos para a coleta de urina e sua conservação. Reações bioquímicas na avaliação dos elementos anormais. Sedimentoscopia: técnica e reconhecimento de estruturas.
2.5.10 LÍQUIDOS BIOLÓGICOS
2.5.10.1 Noções básicas do seu papel fisiológico e as alterações patológicas, de celularidade, bioquímica, imunologia, bacterioscopia e microscopia.


Processo Seletivo

O processo seletivo será dividido em etapas. Primeiro os candidatos terão que realizar uma prova escrita, que será aplicada no dia 28 de abril de 2019. Eles terão que demonstrar os conhecimentos sobre língua portuguesa e também sobre a especialidade escolhida.

Os candidatos aprovados na prova objetiva serão convocados para as demais etapas do concurso. Isso inclui inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de condicionamento físico, prova prática da especialidade e validação documental.

A prova será aplicada nas cidades de São José dos Campos (SP), São Paulo (SP), Belém (PA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Natal (RN), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Boa Vista (RR), Porto Velho (RO), Manaus (AM), Brasília (DF), Curitiba (PR), Santa Maria (RS), Canoas (RS) e Campo Grande (MS).